sábado, 5 de setembro de 2009

Saudade

Sim, essa infeliz começou a aparecer no início do ano. Experiente que sou, já imaginava o que viria depois. Não a encurralei, claro. Prestei-lhe devida importância. Hoje mostra-se novamente. Sei que é mais importante. Adquiriu tamanho e realidade. Hoje importância não lhe é mais necessária. Contudo o desejo é encurralá-la, escondê-la, negá-la, mentir-lhe. Experiente que sou, sei que não é remédio suficiente. Então me recolho. Aquieto-me e espero que o tempo ajude na adaptação.

Você sabe, amo você. Há nesse coração a certeza de que você se lembrará da frase: "Ah não, que bom que você não vai mais, né?! E um sorriso tímido surgirá. Depois dele, outras histórias virão e terá lugar a gargalhada deliciosa que você tem.

Sei, estou vivendo uma nostalgia. Junto a ela, já se soma a saudade.

Droga! Por que tem que ir?? Pode ter certeza, tem um monte de besteira vindo por aí nesses próximos 7 meses.





Um comentário:

Lara Neves disse...

Q coisa, hein?! Esse post juntamente com a lua cheia... o resultado só pode ser minhas lágrimas. Eu vou, mas não irei inteira e vc sabe disso. Os próximos 7 meses... rsrsrsrs. Acho q vem besteira para ambos. Mas a gente se conhece, né?! Logo a gente volta a colocar os pés nos chãos. Afinal, os 20 anos (não parece, eu sei. Rs) só acontece uma vez, né?! Amo demais.