sábado, 1 de janeiro de 2011

Lições

Que exageros podem não ser bons.
Que vagabundagem também não.

Que eu tenho uma entidade
E seu nome é oxalá.
Que é uma das maiores, senão 'a'.

Que ao procurar eu encontro.
Mas não somente o que busquei.

Que a quietude pode ser o melhor caminho.

Que esse pode ser um bom ano.
E para tanto boas escolhas são necessárias.


Que os melhores erros devem ser procurados.
Pois se é pra errar, que sejam bons os cometidos.

3 comentários:

Zé Abrão disse...

pois é, lições. Mas a sensação, principalmente quando a gente volta à rotina é a mesma de quando você vai tomar água sozinho na cozinha, no escuro de madrugada. Aquela que tem alguma coisa errada ou estranha.

Mariana Bênia disse...

Bom saber que você tirou uuma lição de uma noite tão boa e tão besta!
Acredite!

Marcella Dell'Isola disse...

ótimo poema! :D saudades, como vai o centro de línguas? hehe, feliz 2011!