domingo, 30 de agosto de 2009

Lembra?

Cantarolando músicas que não conhece recebe advertência da dor ao seu lado.
Desculpa-se por se sentir tão bem. Talvez culpa-se por estar tão feliz.
Alegre, projeta os próximos meses e anos. Novo céu, novo teto, nova cor.
A dança salta de seus olhos. O brilho é desejado. A resposta invejada.

O coração de cá descansa. Encontra a paz que tanto te desejou nesse tempo.
Encontrou.

Os demônios estão presos em outro reino. A podridão faz parte do seu passado. É você, te faz forte.
Sabe quem é e onde vai. Critica. Acusa. Aponta. Ajuda. Amolece.

5 comentários:

Lara Neves disse...

Lembro!! A culpa aparece até qdo não é chamada, mas ainda bem q eu sei onde ir. Amoleço nos teus braços q sempre me apoiam. I don't hate you... rsrsrs. Not right now. ;***

Mundos disse...

Voce lembrou?!

Lucas Rigonato disse...

Ainda não.

Zeka Viola disse...

Você pode, tudo, se quiser, é claro!

Bloco de Notas disse...

hj eu entendi..